Ser Enfermeiro

Wednesday, January 03, 2007

ENFERMAGEM- o curso mais desgastante

Uma investigação nas universidades portuguesas vem provar que os estudantes sofrem de esgotamento académico. Uma síndroma que pode ser agravada em época de exames
Gabriela Lourenço / VISÃO nº 572 19 Fev. 2004
Os estudantes não se limitam a queimar pestanas durante o exercício académico – o «estrago» vai mais além. A conclusão é de uma pesquisa que, pela primeira vez, alargou a observação de uma síndroma, habitualmente ligada a uma actividade profissional desgastante, também aos alunos universitários. «A síndroma de burnout é diferente da depressão, porque, nesses casos, a pessoa tem uma visão depressiva da sua vida em geral e, aqui, o esgotamento está apenas relacionado com o exercício profissional ou académico. Fora da escola ou do emprego, o indivíduo está bem», explica Alexandra Marques Pinto, professora auxiliar na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, que participou nesta investigação.Na década de 70, a burnout foi estudada e identificada em profissionais, como enfermeiros, médicos, professores. Mais tarde, em meados dos anos 90, a análise alargou-se a outras profissões (tão diferentes como atletas, políticos ou empregados comerciais) e agora descobriu-se que os estudantes também se «queimam». Ou seja, também padecem de sinais deste tipo de desgaste: esgotamento físico e emocional, atitude cínica e distanciada face ao trabalho (que é desvalorizado) e perda de sentido de auto-eficácia – julgam-se incompetentes e não se sentem realizados. Resultado da vivência de stresse crónico, os níveis desta síndroma podem subir na época dos exames, já que nesta altura do ano os «nervos» andam em franja.
Mais preocupante é saber que «pode influenciar o desempenho, o desenvolvimento profissional e a tendência para abandonar a escola. Isto é, a oportunidade de finalizar adequadamente a sua formação e de enfrentar o mundo profissional com êxito».Portugueses, os menos desgastados Realizado em 2000 simultaneamente em Portugal, Espanha e Holanda, o trabalho foi dirigido pelo professor catedrático holandês da área da Psicologia Wilmar Schaufeli, e partiu da adaptação aos estudantes universitários de um questionário existente para os profissionais com o objectivo de avaliar os níveis de burnout e de engagement (bem-estar).
A síndroma foi identificada nos três países, mas Portugal foi aquele que registou valores mais baixos de burnout e mais elevados de engagement. «Não conhecemos os níveis médios dos portugueses, por isso não sabemos se estes números são altos ou baixos», afirma Alexandra Marques Pinto, «mas comparativamente aos espanhóis e aos holandeses temos resultados melhores.»Na escala adoptada que oscila entre 0 (nunca se sentir assim) e 6 (sentir-se assim sempre), os estudantes portugueses registaram uma média de 2,46 de esgotamento, 1,41 de cinismo e 3,77 de auto-eficácia, enquanto os espanhóis tiveram níveis mais elevados (3,30; 2,05 e 3,56, respectivamente). Em Portugal, o questionário foi feito a 1 368 alunos do ensino superior, de várias faculdades de Lisboa, com uma média etária de 23,1.
O curso de Enfermagem foi o que teve resultados mais altos em esgotamento, estando Psicologia no extremo oposto. A Faculdade de Letras registou os valores mais elevados de cinismo e auto-eficácia, «talvez pelas poucas saídas profissionais que existem para esses cursos», tenta justificar Alexandra Marques Pinto. Percebeu-se ainda que a burnout não afecta da mesma forma os homens e as mulheres portuguesas. Em geral, o sexo masculino é mais cínico relativamente ao exercício académico do que o feminino. Mas, por outro lado, eles consideram-se mais eficazes do que elas.

© Copyright VISÃO / Edição nº 572

Thursday, December 28, 2006

Enfermeiros espanhóis vão poder passar receitas


Alguns enfermeiros espanhóis poderão passar receitas, visitar doentes e decidir se estes devem ser vistos por um médico, caso se concretize a intenção da responsável pela Saúde do Governo Regional da Catalunha, Marina Geli.
Num país com uma "população hipermedicada" com remédios, "é preciso criar um catálogo de fármacos que os enfermeiros possam prescrever", defendeu na semana passada Marina Geli. "O pessoal de enfermagem deveria receitar uma grande variedade de substâncias para numerosas doenças", à semelhança do que acontece na Suécia e nos Estados Unidos, assegurou, considerando lamentável a desvalorização da profissão de enfermagem. Partindo do princípio de que este grupo profissional está "absolutamente infravalorizado", a responsável da área da Saúde do Governo regional quer que sejam criados mecanismos eficazes de reforço do "papel do enfermeiro". A responsável defende que os profissionais de enfermagem devem ter uma acção chave nas unidades de cuidados primários e nos programas de saúde pública comunitária.Nos próximos quatro anos, o Governo autónomo da Catalunha quer dar "prioridade" à saúde pública, anunciou. A responsável, que quer alargar a aposta na promoção da saúde e na intervenção na comunidade, vai incluir na actividade dos centros de saúde a prevenção do tabagismo e do alcoolismo, a actividade física, a dieta da população e os acidentes laborais.Marina Geli anunciou ainda a intenção de introduzir medidas que dêem aos médicos maior autonomia, sem que isso afecte a sua situação contratual. Os clínicos, defendeu a responsável, "devem ter mais poder decisivo nos centros de Cuidados Primários e nos hospitais", já que, em Espanha, é grande a desigualdade no acesso "ao médico de família, e ainda mais se se tratar de um especialista".


In http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1280712

Tuesday, December 26, 2006

Enfermeiros nas Urgências

Vale (muito) a pena ver este video fabuloso, onde podemos constatar que até nas urgências há tempo para desanuviar. É em inglês, e o seu título original é "ER Nurses Rap!". Humoristicamente, podemos ver o respeito que os Enfermeiros norte-americanos conquistaram na sociedade, tal como eles referem "our skills are well perfected, we expect the unexpected, that's why we're well respected"! Aqui fica.




Monday, December 25, 2006

A Equipa do Ser Enfermeiro deseja....

Wednesday, December 20, 2006

Enfermagem nos Estados Unidos II


Já existem campanhas para estimular alunos a concorrer para o curso de Enfermagem nos EUA...
A foto ao lado é um exemplo de uma delas.

Segundo a Revista Nursing n.217 de Fev/06, "em 2012, os EUA terão necessidade de ter 2,9 milhões de enfermeiros, muito acima dos 2,3 milhões necessários em 2003. De facto, segundo Que Shafer, nunca foi tão promissor a carreira de Enfermagem nos EUA como agora, em que entre 2002 e 2012 haverá 1,1 milões de vagas. De acordo com a mesma autora, as prinicipais razões para esta necessidade exponencial de enfermeiros prende-se com o envelhecimento da população, a população obesa pertencente ao movimento "baby boom" e a esperança de vida aumentada. Tidavia, nem tudo é mau, e esta falta de profissionais de Enfermagem leva a uma situação em que cada enfermeiro pode dar-se ao luxo de estabelecer o seu salário, levando a que um enfermeiro em início de carreira possa ganhar acima dos 40,000 dólares."

in Revista Nursing - Revista de Formação Contínua em Enfermagem

Sunday, December 17, 2006

Livros para ler... e reler II


ENFERMAGEM EM CUIDADOS INTENSIVOS
Diagnóstico e Intervenção
Lynne A. Thelan . Joseph K. DavieLinda D. Urden . Mary E. Lough
ISBN 972-96610-2-2
1074 páginas
Capa dura
Formato 28,0 x 21 cm
147,00 EURO




A ENFERMAGEM E O HUMANISMO
Maria Manuela Montezuma de Carvalho
ISBN 972-8383-00-2
420 páginasCapa dura
Formato: 28,5 x 21,5 cm
21,00 EUROS


TÉCNICAS DE RELAXAMENTO,
Um Guia Prático para Profissionais de Saúde
Rosemary A. Payne
2ª EDIÇÃO
ISBN 972-8383-41-X
290 páginas
Capa dura
Formato 21,5 x 28,5 cm
52,50 EUROS

DICIONÁRIO DE BOLSO PARA ENFERMEIROS
O Dicionário de Enfermagem mais vendido em todo o mundo!
Barbara F. Weller
Ed - 2004
ISBN: 972-8383-72-X
621 Páginas
Capa Especial (Maleável)
Formato : 11,5 x 19 cm
31,50 EUROS




Thursday, December 14, 2006

Endereços uteis para procurar emprego

Oferta de emprego via IEFP

Portal do cidadao

Eracareers

Ministério do trabalho e Solidariedade Social

Diario da republica Electronico

MOBILIDADE- ESTAGIOS E EMPREGOS NOUTROS PAISES
EURES


PROG. LEO DA VINCI

Networkcontacto

Contactoicep

CONCURSOS OU ESTAGIO NA EU

Estágios da comissão europeia

MINISTERIO DOS NEGOCIOS ESTRANGEIROS

Europass-documento que comprova as competências e qualificações do portador


Powered by Blogger


Barry Gordon
I'm Getting Nothing For Christmas

Letra

Liga Portuguesa Contra o Cancro

AMI - Assistência Médica Internacional

UNICEF Portugal

Banco Alimentar contra a Fome

Cruz Vermelha Portuguesa

Oikos - Cooperação e Desenvolvimento

Centro para a Cooperação e Desevolvimento

The Hunger Site

The Child Health Site

The Breast Cancer Site

The Rainforest Site

The Animal Rescue Site

The Literacy Site
clique e ajude quem não pode a fazer sua mamografia

Crimes na internet? Denuncie

Doar sangue é doar vida
Doutores da alegria